A Rede Pelicano de Direitos Humanos vem questionando atos teratológicos e de danos ao erário mantidos pela Corregedoria Nacional de Justiça.

Em um dos casos denunciados, a Desembargadora Iolanda Santos Guimarães, ex-corregedora do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe, terra de nosso glorioso Ministro Ayres Britto, foi defendida por Advogado amigo pessoal do Senhor Ministro João Otávio Noronha que foi o Corregedor Nacional que deu início a análise do processo. Somado a isso, o Senhor Ministro João Otávio Noronha se declara suspeito à imprensa, no entanto, continua atuando no processo em situação de total suspeição, conforme noticia publicada pelo Jornalista Frederico Vasconcelos, da Folha de São Paulo (https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/05/juiza-de-sergipe-investigada-contrata-amigo-de-corregedor-para-defende-la.shtml)

Segue link para download do recurso de agravo regimental para download:

https://drive.google.com/open?id=1AZsshcAH8gpIz6s0mkLvhOws1LJ2lRL9