IDENTIFICADOS OS POLICIAIS DA PRF ENVOLVIDOS NA MORTE DE GENIVALDO SANTOS

Os policiais rodoviários federais (PRF) envolvidos na morte de Genivaldo Santos, de 38 anos, foram identificados como Kleber Nascimento Freitas, Paulo Rodolpho Lima Nascimento e William de Barros Noia. Os nomes foram revelados em reportagem do Fantástico, exibido pela TV Globo neste domingo (29).

Todos são agentes do Comando de Operações Especiais da Polícia Rodoviária Federal em Sergipe e assumem, em documento oficial, compor a “equipe de motopoliciamento tático [que] efetuava policiamento e fiscalização” responsável pela detenção que terminou com a morte de Genivaldo. O caso ocorreu às margens da BR-101 em Umbaúba, Sergipe.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS (ONU) PEDE APURAÇÃO

A ONU Direitos Humanos na América do Sul cobrou das autoridades uma “investigação célere e completa” da morte de um homem afrodescendente durante um procedimento da Polícia Rodoviária Federal em Sergipe.

Para Jan Jarab, chefe regional da ONU Direitos Humanos, é fundamental que as investigações iniciadas pela Polícia Federal e o Ministério Público cumpram com as normas internacionais de direitos humanos e que os agentes responsáveis sejam levados à justiça.

Para integrantes da Rede Pelicano Brasil de Direitos Humanos, há necessidade de investigação e responsabilização dos agentes envolvidos e a reparação dos danos sofridos pelos familiares da vítima.

IBEPAC BRASIL REDE PELICANO

NOSSA MISSÃO: Assessorar e articular os movimentos sociais, lideranças, grupos e pessoas, na promoção de políticas públicas voltadas para a defesa dos direitos humanos;

%d blogueiros gostam disto: