REFUTAÇÃO POR ANALOGIA

É raro encontrar pessoas que dominam esta técnica de ataque. E usá-la corretamente pode ser ALTAMENTE PERSUASIVO.

A refutação por analogia é uma técnica de ataque argumentativo cujo objetivo é demonstrar a fraqueza de um argumento usando um argumento semelhante.

EXEMPLO:

JOÃO: A pena de morte deveria ser permitida, porque provou ter poder de dissuasão.

MARIA: Esse argumento é ridículo; se assim for, então o chicoteamento também deve ser permitido em praça pública, porque isso também é conhecido por ter um poder de dissuasão.

CONCLUSÃO: Maria fornece uma refutação por analogia: ela compara um argumento análogo ao de JOÃO, mas que sabemos ser muito ruim. A partir daí, ela conclui que o de João também é ruim.

ESQUEMA DE REFUTAÇÃO POR ANALOGIA:

Premissa 1: o argumento A, da forma “X logo Y”, é semelhante ao argumento B, da forma “Z logo W”;

Premissa 2: o argumento B é ridículo (incorreto, absurdo);

Conclusão: é ridículo (incorreto, absurdo) também o argumento A;

Fonte Twitter

@argumentderecho

Livro disponível para download: https://tuxdoc.com/queue/40-argumentos-fundamentales-en-el-debate-juridico_pdf?queue_id=5ea6317fe2b6f57d7b89f515

IBEPAC BRASIL REDE PELICANO

NOSSA MISSÃO: Assessorar e articular os movimentos sociais, lideranças, grupos e pessoas, na promoção de políticas públicas voltadas para a defesa dos direitos humanos;

%d blogueiros gostam disto: